Vai começar a sua Dieta Low Carb? Então preste atenção nestas dicas…

A Dieta Low Carb nada mais é do que uma dieta pobre em carboidratos, que minimiza os açúcares e amidos, substituindo-os por alimentos ricos em proteínas e gorduras saudáveis. O mais importante de uma Dieta Low Carb é que ela seja saudável! Não apenas baixa em carboidratos, e sim baseada em comer alimentos naturais.

Low Carb na verdade é uma maneira de comer, um hábito alimentar, uma mudança de estilo de vida, baseada em evidências científicas. É uma maneira de comer que enfatiza os alimentos que os humanos evoluíram para comer por centenas de milhares de anos, antes das revoluções agrícola e industrial.

Este tipo de dieta provou funcionar melhor do que a dieta com baixo teor de gordura ainda recomendada em todo o mundo. Em muitos casos, uma dieta pobre em carboidratos causa uma perda de peso de 2 a 3 vezes maior que a dieta padrão com baixo teor de gordura. Dietas com baixo teor de carboidratos também apresentam um excelente perfil de segurança, não causando nenhum efeito colateral grave.

De fato, os estudos mostram que essas dietas causam grandes melhorias em muitos fatores de risco importantes. Os triglicerídeos diminuem e o HDL aumenta. A pressão arterial e os níveis de açúcar no sangue também tendem a diminuir significativamente.

Uma alta porcentagem de gordura perdida em uma dieta Low Carb vem da região da barriga e do fígado. Essa é a gordura visceral perigosa que se acumula dentro e ao redor dos órgãos, causando inflamações e doenças.

 

O que não comer na Dieta Low Carb

Açúcar: O açúcar adicionado é viciante, engorda e é uma das principais causas de doenças como obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares.

Grãos: Evite grãos se precisar perder peso, incluindo pão e massa. Grãos de glúten (trigo, cevada e centeio) são os piores. Grãos mais saudáveis, como arroz e aveia, são bons se você não precisa perder peso.

Semente e óleos vegetais: óleo de soja, óleo de milho e alguns outros. Estas são gorduras processadas com uma grande quantidade de ácidos graxos ômega-6, que são prejudiciais em excesso.

Gorduras trans: gorduras quimicamente modificadas que são extremamente ruins para a saúde. Encontrado em alguns alimentos processados.

Adoçantes artificiais: Apesar de serem livres de calorias, estudos observacionais mostram uma correlação com a obesidade e doenças relacionadas. Se você precisar usar adoçantes, escolha Stevia.

Produtos “dietéticos” e “com baixo teor de gordura”: A maioria desses “alimentos saudáveis” não são saudáveis. Eles tendem a ser altamente processados e carregados com açúcar ou adoçantes artificiais. O xarope de agave é tão ruim quanto o açúcar.

Alimentos altamente processados: Geralmente são pobres em nutrientes e ricos em substâncias químicas não saudáveis e não naturais.

 

O que comer na Dieta Low Carb

Você deve comer alimentos naturais, não processados. Pesquisas mostram que esses alimentos são ótimos para a saúde.

Para pessoas saudáveis que se exercitam e não precisam perder peso, não há absolutamente nenhuma razão comprovada para evitar tubérculos como batata e batata-doce, ou grãos saudáveis sem glúten, como aveia e arroz.

Se você está com sobrepeso ou tem problemas metabólicos (baixo HDL, colesterol LDL alto, triglicérides, gordura no fígado, etc.), você deve restringir todos os alimentos ricos em carboidratos.

Segue a lista de alimentos indicados na dieta Low Carb:

Carne: Carne, cordeiro, porco, frango, etc. Os seres humanos comem carne há centenas de milhares de anos. A carne não processada é boa para você, especialmente se os animais comerem alimentos naturais (como carne de vacas alimentadas com pasto).

Peixe: O peixe é ótimo. Muito saudável e rico em ácidos graxos ômega-3 e outros nutrientes. Você deve comer peixe (de preferência peixe gordo como salmão) toda semana.

Ovos: Os ovos estão entre os alimentos mais nutritivos do planeta. A gema é a parte mais nutritiva e saudável.

Vegetais: Contêm fibras e muitos nutrientes essenciais para o corpo humano. Coma legumes todos os dias.

Frutas: Ricas em fibras, vitaminas e minerais. Porém elas contêm muito açúcar, então coma com moderação se precisar perder peso.

Oleaginosas e sementes: Amêndoas, nozes, castanhas, sementes de girassol, etc. Rico em vários nutrientes, mas muito rico em calorias. Coma com moderação se precisar perder peso.

Raízes: As raízes como as batatas, batatas-doces, mandioca, mandioquinha, abóbora, são saudáveis mas ainda são ricas em carboidratos. Coma com moderação se precisar perder peso.

Laticínios ricos em gordura: Queijo, creme, manteiga, iogurte gordo, etc. Rico em gorduras saudáveis e cálcio.

Gorduras e óleos: Azeite de oliva, manteiga, banha de porco, óleo de coco, etc. Escolher gorduras saturadas para cozinhar em fogo alto, como panela, elas são mais estáveis no calor.

 

O que você pode beber

O café é saudável e muito rico em antioxidantes, mas as pessoas que são sensíveis à cafeína devem evitá-lo no final do dia, porque isso pode atrapalhar o sono.

Você também pode consumir chá, que é saudável, rico em antioxidantes e tem muito menos cafeína que o café. Você deve beber água durante todo o dia e especialmente em próximo aos treinos. A sede é um indicador bastante confiável de sua necessidade.

 

Consumir com bastante moderação

O chocolate amargo pode ser consumido com moderação, e procure escolher chocolate orgânico com 70% de cacau ou mais. O chocolate amargo é rico em gorduras e antioxidantes saudáveis.

No momento de consumir bebidas alcoólicas, escolha vinhos secos e bebidas que não contenham açúcar ou carboidratos adicionados.

 

Vegetais Low Carb

Os vegetais são ricos em fibras e menor em calorias totais por porção do que qualquer outro grupo de alimentos. Além disso, eles contêm uma variedade de compostos saudáveis, incluindo fitoquímicos, vitaminas e minerais.

Em geral, quanto maior o teor de água em um vegetal, menor o teor de carboidratos por porção padrão.

• Pepinos
• Alface
• Aipo
• Cogumelos
• Espinafre
• Acelga
• Brócolis
• Pimentões
• Abobrinha
• Couve-flor
• Aspargos
• Brotos de alfafa
• Rabanetes
• Rúcula
• Tomates

 

Benefícios para a saúde de uma Dieta Low Carb

Gordura corporal: Uma dieta baixa em carboidratos, ingerida até a saciedade, geralmente causa maior perda de gordura do que uma dieta com baixo teor de gordura e com restrição calórica.

Açúcar no sangue: Uma das características do diabetes e da síndrome metabólica é um açúcar elevado no sangue, que é muito prejudicial a longo prazo. Dietas Low Carb reduzem o açúcar no sangue.

Pressão arterial: se a pressão arterial é alta, ela tende a diminuir com uma dieta baixa em carboidratos.

Triglicerídeos elevados: são gorduras que circulam no sangue e são um forte fator de risco para doenças cardiovasculares. As dietas de baixo carboidrato diminuem os triglicérides muito mais do que as dietas com baixo teor de gordura.

HDL (o bom) colesterol: De um modo geral, ter mais do “bom” colesterol significa que você tem um menor risco de doença cardiovascular. As dietas com baixo teor de carboidrato aumentam o colesterol HDL muito mais do que as dietas com baixo teor de gordura.

LDL (o mau) colesterol: Dietas de baixo carboidrato fazem com que o colesterol LDL mude de LDL pequeno e denso (ruim) para LDL grande, que é benigno.

Mais fácil: dietas com baixo teor de carboidratos parecem ser mais fáceis de manter do que dietas com baixo teor de gordura, provavelmente porque não é necessário contar calorias e ter fome, o que é sem dúvida o pior efeito colateral da dieta.

Deixe seu comentário!



Publicado em:

fevereiro 8, 2019

Compartilhar

Endereço:

Av. Jabaquara 1771 – Saúde

São Paulo / SP

Telefone / Fax: +55 (11) 3508.0300

Telefone: 0800 940 3210

E-mail: [email protected]

%d blogueiros gostam disto: