6 Tendências do mercado cosmético e da beleza para 2020

6 Tendências do mercado cosmético e da beleza para 2020

2020 está só começando, e neste post vamos falar um pouco das tendências que prometem abalar o mercado cosmético este ano.

A beleza está mais inclusiva do que nunca, atravessando gerações e etnias. A sustentabilidade também não fica de fora, deixando visível a preocupação com o planeta, o segmento vem investindo cada vez mais produtos naturais e/ou sustentáveis.

 

1. Cosméticos não tem idade: a beleza após os 40

A primeira tendência que promete para o mercado em 2020 é a preocupação com os babyboomers e a geração X.

Em uma pesquisa realizada pela marca L’Oréal Paris (uma das marcas que até então mais conversavam com este público), revelou que as mulheres de 45 anos ou mais se sentem negligenciadas. As marcas pouco conversam com elas, e seus produtos ficam restritos apenas a produtos “anti-aging”. As mulheres que estão na menopausa também representam uma categoria que foi mal atendida até então.

Algumas marcas já estão observando com outros olhos essa categoria do mercado e prometem trazer soluções específicas para esse público.

 

2. Beleza inclusiva

Assim como a preocupação com as outras gerações, outra tendência para 2020 é a inclusão das mais diversas etnias no mercado cosmético e da beleza.

Por muitos anos, a desigualdade de produtos encontrados nas prateleiras para consumidores de origem caucasiana em relação a pele negra e asiática era visível. Hoje o mercado está evoluindo, e para este ano, as marcas prometem inserir ainda mais produtos voltados para todas as etnias, trazendo uma beleza mais inclusiva em 2020.

Outra novidade, é o crescimento de empresas e produtos sem foco de gênero ou com gênero neutro, que podem ser utilizados tanto pelo público feminino quanto para o público masculino.

 

3. E falando neles… O BOOM do mercado cosmético masculino

O público masculino está ávido por produtos específicos para eles. Uma pesquisa feita pela Allied Market Research prevê um crescimento anual de 5,5% para o mercado global de cuidados pessoais masculinos, e se continuar nesse crescente, poderá atingir até R$166 bilhões em 2022.

E isso tudo vai além de produtos voltados apenas para cuidados com a pele, barba e cabelos, alguns especialistas afirmam que este ano, a maquiagem para homens vai vir com tudo, quebrando tabus e estabelecendo um novo mercado de consumo.

 

4. Antipoluição e proteção Wi-Fi

Tendências já anunciadas em 2019 que prometem crescer ainda mais em 2020.

A nossa pele também paga o preço da industrialização e da globalização. Números mais recentes mostram que 91% da população mundial vive em locais onde a qualidade do ar está abaixo do recomendado pela organização mundial da saúde. Portanto, a necessidade por produtos antipoluição vem se tornando tão essencial quanto por um bom protetor solar, e o mercado já está percebendo isso.

Assim como a poluição, a radiação Wi-Fi e os danos que ela gera à pele, também é um tema que vem sendo pauta de estudos ultimamente. O vilão no caso, seria o Eletrosmog, que se resume na sujeira emita por dispositivos eletrônicos e redes sem fio como a rede Wi-Fi, 4G, 5G, dentre outras, que danificam o DNA das células através da ação dos radicais livres.

Alguns ativos já são capazes de combater os danos gerados pela exposição à radiação Wi-Fi e a luz azul. Dentre eles, indicamos RADICARE®-GOLD, exclusivo aqui da Vepakum Farma.

 

5. Microbiota da pele

Um dos Trending Topics em 2019 foi a Microbiota da pele. Assim como em nosso intestino, existem trilhões de microorganismos que habitam a superfície cutânea, cujo equilíbrio é primordial para manter uma pele saudável, hidratada e livre de desordens cutâneas.

Cotados como uma grande tendência em 2020 para o mercado internacional, os produtos que promovem o equilíbrio para a microbiota da pele vêm tomando um grande espaço internacional e, estima-se que em breve, serão tão populares quanto produtos anti-aging e para acne.

Para um perfeito equilíbrio da microbiota da pele indicamos EQUIBIOME™.

 

6. Bem-estar e saúde sexual

Parece que a indústria cosmética está realmente determinada a quebrar tabus. Soluções que promovem a beleza e a saúde do órgão genital feminino foram muito comentadas na The Indie Beauty Expo London 2019, através de várias marcas emergentes voltadas para o segmento.

Apesar de ainda ser um mercado cru e pouco explorado, os chamados “produtos de beleza vaginal” estão ganhando destaque mundo afora. Há uma previsão de crescimento de $39 Bilhões até 2024 para o setor.

O perigo dos Microplásticos nos produtos cosméticos

O perigo dos Microplásticos nos produtos cosméticos

Já ouviu falar em Microplásticos? Como o próprio nome diz, os microplásticos são pequenas partículas de plástico, algumas invisíveis a olho nu, e são considerados um dos grandes poluentes do mundo moderno.

Os microplásticos tem origens variadas, e não ficam apenas restritos ao descarte inadequado (e degradação) de produtos plásticos em geral. Pesquisas apontam que até mesmo a lavagem de roupas que contenham um tecido como o poliéster por exemplo, composto por fibras de plástico, pode disseminar microplásticos para o meio ambiente.

Mas o que tudo isso tem a ver com o seu cosmético? Infelizmente, alguns cosméticos também não ficam de fora, pois, possuem partículas plásticas em sua composição.

Esse tipo de poluição está afetando diferentes ecossistemas. Pequenas partículas de plástico podem ser encontradas nos oceanos, no solo, nas fontes de água doce e até mesmo no ar que nós respiramos! Como resultado, os microplásticos não prejudicam apenas a vida dos animais que habitam esses ecossistemas, mas também a nossa vida cotidiana, afinal, é da natureza que extraímos o nosso alimento. Peixes e outros seres vivos oriundos da vida marinha são extremamente afetados pela poluição microplástica, que é considerada um dos principais poluentes dos oceanos. Esses animais acabam por ingerir quantidades significativas de microplástico causando danos a biologia marinha que ainda não podem ser mensurados. Por sua vez, o ser humano que se alimenta de peixes e frutos do mar, acaba se intoxicando por esse tipo de poluição. Os danos à nossa saúde que o consumo ao longo dos anos pode causar, ainda são objetos de estudo para os pesquisadores e cientistas.

Alguns pesquisadores definem que os microplásticos tem tamanho máximo de 1 milímetro, enquanto outros definem que o tamanho máximo é de 5 milímetros.

 

Microplásticos na Indústria cosmética

Como comentamos, os microplásticos também estão presentes na indústria cosmética.

Os cremes, géis e sabonetes esfoliantes são os principais inimigos do meio ambiente e dos oceanos, por conterem uma quantidade significativa de micropartículas de plástico. As microesferas encontradas na maioria dos cremes e géis esfoliantes presentes no mercado são compostas por materiais plásticos sintéticos como o polipropileno e polietileno. Quando vão para o ralo, essas esferas não podem ser recicladas e nem se decompõe em estações de tratamento de água, e certamente serão despejadas no meio ambiente, assim como nos oceanos.

Mas, não são os produtos cosméticos os únicos que utilizam microplásticos em sua composição. Alguns produtos de higiene pessoal como cremes dentais, shampoos e géis de banho também possuem partículas plásticas. Pensando nisso, tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei que proibiria a manipulação, a fabricação, a importação e a comercialização, em todo o território nacional, de produtos de higiene pessoal, cosméticos e perfumaria que contenham a adição intencional de microesferas de plástico.

CALMA, CALMA, não se desespere! Viemos trazer uma solução para que os seus cosméticos tenham a funcionalidade de um esfoliante e a segurança de um produto ECOCERT.

Algumas empresas do mercado já oferecem alternativas aos cremes esfoliantes tradicionais, substituindo as esferas de polipropileno por partículas naturais Eco Friendly, que não agridem o meio ambiente.

Aqui na Vepakum Farma temos o FOSSIL PEELING POWDER (produto com Certificação ECOCERT), que é uma alternativa 100% natural aos esfoliantes sintéticos. Extraído das diatomáceas do mar Mediterrâneo, o FOSSIL PEELING POWDER possui uma excelente ação esfoliante e suas microesferas com formato arredondado proporcionam uma esfoliação suave extremamente eficaz e sem agredir a sua pele. Sendo recomendado para aplicação em cremes, géis e sabonetes, você poderá fazer uma esfoliação facial e também corporal para eliminar células mortas e deixar a sua pele ainda mais hidratada e iluminada.

 

Faça a sua parte

Você pode contribuir com o meio ambiente! Procure no mercado alternativas Eco Friendly de produtos cosméticos e de higiene pessoal. Lembre-se: toda a poluição que você produz poderá voltar para o seu próprio organismo. Contribuir com o meio ambiente é contribuir com a sua saúde e com a saúde de todos!

editada_facebook

Cosméticos naturais, orgânicos e veganos – entenda melhor esta tendência

Você já notou que os cosméticos naturais, orgânicos e veganos vem ganhando espaço nas farmácias e perfumarias? Esta já é uma tendência bem consolidada no mercado europeu e vem se tornando comum em outros mercados de forma consistente. Nada mais sensato repensarmos quais cosméticos queremos usar. E mais: repensarmos como reduzir os impactos socioambientais causados pela fabricação dos produtos até o descarte das embalagens.

 

A escolha green beauty

O crescente interesse dos consumidores por esses produtos amplia o conceito de green beauty. Para definir o conceito, fabricantes e consumidores utilizam uma combinação de três abordagens: certificação, ingredientes e posicionamento ético, porém, não há uma definição padronizada e globalmente aceita.

Consumidores estão dando preferência aos produtos naturais por diversos motivos, entre eles, pela percepção de serem mais saudáveis e seguros ou por serem menos agressivos ao meio ambiente. Tal demanda tem sido reforçada por novas tendências comportamentais, como a do consumo ético, de estilo de vida saudável e consciente.

O mercado de cosméticos naturais, orgânicos, veganos e sustentáveis no Brasil, apesar de ainda pouco expressivo, tem um potencial de crescimento surpreendente.

É importante não confundir cosméticos inspirados na natureza com cosméticos naturais, orgânicos e/ou veganos. Quando o percentual desses ingredientes não está claro na composição e no rótulo, o foco do produto está apenas no apelo verde.

 

As certificações

As certificações dos cosméticos naturais e orgânicos existentes adaptam os conceitos acima para os produtos, definindo critérios específicos e permitindo o desenvolvimento responsável que efetivamente atende à demanda por cosméticos naturais.

Uma das principais certificações e diretrizes seguidas pela indústria cosmética é a Ecocert, um órgão certificador para desenvolvimento sustentável, de origem francesa, e foi o pioneiro na definição de padrões para cosméticos naturais e orgânicos. O selo nacional IBD também atesta cosméticos com ingredientes orgânicos.

As certificações são importantes como forma de garantia aos consumidores.

 

Principais definições

Vegano: relativo ao veganismo, à ideologia que defende a não utilização de produtos de origem animal (mel, leite, cera de abelha, lanolina, colágeno) ou se opõe a qualquer atividade em que haja exploração animal (incluindo não fazer testes em animais).

Natural: são produtos que têm de 5% (certificação IBD) a 50% (Ecocert) de seus ingredientes orgânicos. O restante pode ser água + matérias-primas naturais (vegetal, animal, marinho e mineral).

Orgânico: ter pelo menos 95% de matérias-primas certificadas orgânicas (cultivadas sem agrotóxicos e sem interferência no ecossistema).

Estas definições permitem ao consumidor entender as diferenças de produtos existentes no mercado e fazer escolhas mais conscientes. Apesar de ser uma tendência recorrente, apresenta conceitos complicados e que geram muita desinformação. Natural por si só não é sinônimo de sustentável ou seguro.

O desafio das indústrias e farmácias é promover cada vez mais soluções que vão ao encontro dos conceitos descritos e ainda esclarecer os consumidores sobre as diferenças e benefícios de cada tipo de produto.

 

A Vepakum Farma no caminho certo

A Vepakum Farma conta com vários insumos em seu portfólio dentro do conceito green beauty. Destacamos abaixo dois produtos que possuem certificação Ecocert, além de vários estudos de eficácia e segurança:

Defensil® Plus: possui ingredientes ativos vegetais capazes de controlar os processos inflamatórios cutâneos em peles irritadas, sensíveis e com doenças cutâneas, reduzindo o prurido, a vermelhidão, e prevenindo envelhecimento.

Liftonin® Xpert: ativo inovador, obtido a partir de folhas vegetais, que restabelece o equilíbrio entre a decomposição e reconstrução da estrutura dérmica, promovendo colágeno de alta qualidade para a pele.

Publicado em:

janeiro 23, 2020

Compartilhar

Endereço:

Av. Jabaquara 1771 – Saúde

São Paulo / SP

Telefone / Fax: +55 (11) 3508.0300

Telefone: 0800 940 3210

E-mail: [email protected]